•  
  •  

Gratidão


Sob o pretexto de decoração de uma árvore (na escola primária de Villars-Vert) e de uma jarra (nos cursos de Bulle e Châtel-Saint-Denis) os alunos dos cursos de Villars-sur-Glâne, Bulle e Châtel-Saint-Denis celebraram a quadra natalícia de uma forma diferente através do tema gratidão.

Primeiramente, foi feito um brainstorming sobre os valores associados ao Natal, ao qual a professora acrescentou a virtude da gratidão. Esclarecido e discutido o conceito (no nível B1), teve lugar a apresentação do novo elemento da sala de aula: um “ramo-árvore” encontrado perto de casa da docente Fernanda Ricardo, responsável pela atividade. Contrariando as expetativas dos alunos, que pensavam tratar-se de uma tradicional árvore de natal, a docente explicou-lhes que aquela seria uma árvore muito especial: “A árvore da gratidão”. Aquela árvore, meio despida, triste e solitária, poderia representar o ser humano, naqueles momentos menos felizes, que fazem, igualmente, parte da nossa vida.

Orientados pela docente,  os alunos foram escrevendo mensagens em pequenas folhas coloridas de papel, decorando e animando a Árvore da Gratidão, com  uma palavra de agradecimento ou de reconhecimento pelas coisas boas que acontecem na sua vida e que nem sempre são devidamente valorizadas.

No final, o resultado não poderia ter sido melhor: uma árvore singela e alegre, cheia de mensagens positivas e portadoras de boas vibrações.